Blogger Template by Blogcrowds

.

Desta vez é cinema


Da última vez que estive aqui lhes apresentei a minha opinião à respeito de um livro nacional extraodirnário, Filhos de Galagah de Leandro Reis @Radrak. Hoje eu trago até vocês uma indicação cinematográfica (que não é nacional, mas pelo menos não é lá muito convencional).




Senhores do Crime (Eastern Promises)


Sinopse:


Anna (Naomi Watts) é uma parteira que trabalha em um hospital de Londres. Um dia ela testemunha a morte de uma jovem, durante um parto realizado em pleno Natal. Ela decide dar a notícia de seu falecimento pessoalmente, o que a faz pesquisar sobre sua identidade e família. A busca acaba colocando-a em contato com o lucrativo tráfico do sexo, comandado por uma organização criminosa da Rússia. Logo Anna conhece Nikolai (Viggo Mortensen), um homem violento e misterioso que é mais do que aparenta


E o que eu penso sobre tudo isso...


Normalmente quando queremos ver um bom filme sobre a máfia, com diálogos profundos, fotografia incomparável, personagens profundas e situações realistas vamos atrás de “O Poderoso Chefão”, de Francis Coppola. Eu já fiz isso várias e várias vezes, e admito que, depois que vi os filmes pela quinta vez, e pensei friamente, percebi como o filme inspirado no livro de Mario Puzo pode ter seus toques de realidade, mas também há uma visão bem romântica de algo nada simpático, que é a super organização criminosa chamada de máfia.

Sem que eu procurasse tomei conhecimento de um filme com o ator Viggo Mortensen cuja base da trama era a máfia russa. Idéia boa, trailer interessante e um ator gato. Corri atrás de assistir o filme e o que encontrei foi algo que tirou as palavras da minha boca e da ponta dos meus dedos durante um certo intervalo de tempo. Admito que quando vi um homem tão lindo no elenco imaginei que explorariam isso ao máximo, como sempre fazem, ao ponto de desfavorecer o roteiro, mas o que aconteceu foi exatamente o contrário: ignoraram categóricamente o fato do homem ser o Aragorn de Senhor dos Anéis e criaram uma obra prima.

A princípio temos a nítida e clara sensação de que a história seguiria Anna Ivanovna (Naomi Watts). Ela é uma obstetra londrina descendente de russos que, no começo do filme, trás ao mundo uma menininha que ela batizara de Cristina, mas vê a mãe da criança, Tatiana, uma jovem de não mais que 14 anos, perecer na mesa de cirurgia. Com o diário da falecida em mãos, Anna pretende encontrar a família dela e garantir um futuro para Cristina. Só existe um pequeno problema: o diário esta em russo.

Inicialmente Anna pede ao tio Stepan que traduza o diário, mas o homem, revolto, velho e um pouco ignorante, se recusa. Ivanovna, vendo-se sem outro opção, procura quem possa ajudá-la e termina conhecendo o dono de um restaurante russo, que é também o chefe do clã davory v zakone, e o seu motorista, Nikolai (Viggo Mortensen).

A partir deste ponto precisa-se ter uma rapidez de pensamento para transferir seu foco para o russo, desviando da jovem carismática e benevolente. A verdade é que a busca pelo destino da jovem Cristina é um subtrama. O verdadeiro centro da história são os acontecimentos, e os objetivos duvidosos, da personagem de Viggo Mortensen. Se não conseguir mudar o foco, se perderá na trama, e será bem difícil alcançar a beleza de significados embutidos no filme.

Longe de ser um blockbuster, podemos chamá-lo até mesmo de cult, e, como todo filme dessa categoria, não é algo que se indica para todos. Indico-o apenas para àqueles dispostos a ver filmes não apenas para se distrair, entreter-se; esse é o típico filme do cinema pensante, e eu o indico para aqueles que estão dispostos à ver um filme com essa intenção.

Sensacional e até mesmo belo, Senhores do Crime é um novo clássico sobre máfia.




Espero que tenham gostado da crítica, mas mais ainda espero vejam o filme, não só porque vale muito à pena, mas porque também é ótimo tirar as próprias conclusões. Assistam e me contem o que acharam.


Lenços ao vento no porto, e até a próxima



Nínive Leikis.


4 Comments:

  1. Tatii Lacorte said...
    você sabe que tem um jeito com as palavras, fiquei até com vontade de ver o filme.
    parabéns amiga :)

    sempre fortunato.
    eu said...
    nha... prefiro o poderoso chefão... não, pera, eu nunca vi nenhum deles... mimimi me sinto ignorante em relação as mafias
    Aetria (Camila Loricchio) said...
    Olha sóo...
    Gostei, tenho q assistir esse também agora...*bate*
    O jeito com que você resumiu tudo *e manteve sem spoilers *O* * ficou ótimo! =DD

    Continue atualizando...=3
    Pê. said...
    Muito bom o post! Agora, assim como a Tati, fiquei com vontade de ver o filme!!

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Ocorreu um erro neste gadget