Blogger Template by Blogcrowds

.



Minha intenção era ter aparecido por aqui antes do início do feriado, no entanto às vezes as coisas fogem do nosso controle (seja de maneira positiva ou negativa), portanto, me atrasei. Mas estou aqui, não com uma crítica de filme ou livro ou história em quadrinho. E também não é exatamente um conto, mas tem um certo fundo literário, mas eu não sei que estilo de texto é esse. Como ao final desta leitura os pedidos de comentário pareceriam excedentes, peço de forma antecipada que comentem antes de sair.


De acordo com o dicionário Aurélio:

Religião

s.f. Culto rendido à divindade. / Fé; convicções religiosas, crença: a religião transforma o indivíduo. / Doutrina religiosa: religião cristã. / Tendência para crer em um ente supremo. / Acatamento às coisas santas. / Fig. Coisa a que se vota respeito: o trabalho era para ele uma religião.


Para mim, religião é fé.


De acordo com o dicionário Aurélio:

s.f. Fidelidade em honrar seus compromissos, lealdade, garantia: a fé dos tratados. / Confiança em alguém ou em alguma coisa: testemunha digna de fé; ter fé no futuro. / Crença nos dogmas de uma religião; esta mesma religião: ter fé; a propagação da fé. / Crença fervorosa: fé patriótica. / Afirmação, comprovação: em fé do que lhe digo... / Testemunho autêntico que certos funcionários dão por escrito: a fé do tabelião. // Estar de boa fé, estar convencido da verdade do que se diz; estar de má fé, saber muito bem que se diz uma coisa falsa; ter intenção dolosa. //


Para mim, fé é acreditar. Não importa no que.

Você pode acreditar em um Ser maior, e chamá-lo pelo nome que quiser. Pode ser Deus, Alah, Jeová, Olorum, Zeus, Odin, Gaia.

Pode acreditar que não existem intermidários entre você e Ele (ou Ela). Pode crer que existão vários ao lado do Criador, Seus filhos ou Seus escolhidos.

Pode rezar rezas prontas. Pode se ajoelhar voltado para um local específico em horário pré-determinados. Pode acender uma vela, ou fazer diversos tipos de comida, quando precisa pedir auxílio ou agradecer algo que Ele (ou Ela, ou Eles ou Elas) lhe deram.

Pode se guiar por palavras escritas em um livro. Pode interpretá-las sozinho, ou acreditar em um líder que o faça por você. Pode acreditar em conhecimentos passados de pai para filho.

Pode também acreditar em nada disto. Pode crer na ciência, e apenas nela. (E, acredite, isto também é fé.)

Não importa qual destas fés, qual desta religiões, você segue, e nem o que as pessoas pensam a respeito dela. Não importa os preconceitos voltados para ela, ou as calúnias inflingidas pela ignorância. Pelo medo. Não será a sua fé que determinará quem você é, e tampouco como você é. Não é a religião que cria pessoas boas ou más. Justas ou injustas. Morais ou imorais. Verdadeiras ou mentirosas.

São as pessoas. Você pode seguir uma fé convencional e ir à missa todo domingo e ser um canalha de segunda à domingo até as seis da tarde e depois das oito. Você pode matar uma galinha, que pelo menos foi criada em cativeiro e teve uma vida normal, oferecê-la para uma entidade de nome estranho e ser um bom pai de família, participativo, caloroso, com problemas para pagar algumas contas e ainda assim com força para sorrir aos filhos pequenos que não precisam saber destes problemas. Você pode crer naquilo que fizer seu coração se aquecer e ser a pessoas que você consegue ser.

Portanto, louve quem quiser. As coisas serão as mesmas entre nós.




Nínive Leikis.

4 Comments:

  1. Tatii Lacorte said...
    alguns fazem loucuras pela fé, outros tentam ignorá-la, mas nunca se foge disso.

    fodão :)
    eu said...
    melhor foi a ultima frase, amei de verdade
    Jéssica Neri said...
    " A fé é a prova daquilo que não se vê... a certeza daquilo que se espera...a fé traz á existência aquilo que não existe"
    Aetria (Camila Loricchio) said...
    Momento desabafo religioso do dia...hehe,
    gostei demais...*-*

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Ocorreu um erro neste gadget