Blogger Template by Blogcrowds

.

Atualizando! (ou pelo menos tentando)


Muito bem, já não é novidade alguma que meus posts (quase) sempre atrasam, mas, como diz o ditado, antes tarde do que nunca! O plano inicial era postar sobre o primeiro conto que eu li do “Tratado Secreto de Magia” na sexta-feira 13, no entanto, como eu fui na @bienaldolivrosp esse dia, acabei chegando em casa esgotada e não cumpri o prometido. Tão pouco o fiz ontem, sabádo, pelo mesmo motivo... E, apesar de hoje eu estar cansada porque fiz uma prova importante hoje durante a tarde, decidi que já chega de prorrogar!

Portanto, sem mais delongas e blá blá blá vou começar a falar sobre aquilo que me fez começar este post, afinal.




“A Bruxa Vermelha” de Leandro @Radrak Reis.


O primeiro conto que eu li do “Tratado Secreto de Magia” é de autoria de um conhecido nosso, o admirável Leandro Reis, que escreveu também “Filhos de Galagah” (cuja resenha encontra-se no blog) e “O Senhor das Sombras” (que comprei nesta Bienal e logo logo publicarei uma resenha aqui). Como o nome do livro indica, esta coletânea trata sobre as diferentes formas de se ver a magia, portanto cada autor tratou de expressar este universo tão amplo e misterioso ao seu próprio modo. O autor joseense cuidou de nos apresentar mais uma pedacinho da história da minha personagem favorita do Legado Goldshine: Iallanara Nindra, também conhecida como A Bruxa Vermelha (agora tudo faz sentido!).

Para quem não leu nenhum dos dois livros já lançados da trilogia deste autor, o conto é muitissimo interessante. Para quem já leu, é de tirar o folego! No “A Bruxa Vermelha” @Radrak narra a primeira vez que Iallanara mata por vontade própria, e não forçada pelo seu mestre, Sukemarantus.

A narrativa envolvente, já minha conhecida, não me permitiu sequer parar para um copo de água até terminar de ler o conto, e fui invadida por uma tristeza viscosa quando alcancei a 6a página e vi que aquilo era o fim. Se dependesse de mim, o conto seria um livro contando tudo sobre as experiências de Nindra com magia antes do início de sua jornada ao lado de Galatea. Mas, como não é o caso, tive que me satisfazer com essa vontadezinha por mais, que será sanada (pelo menos um pouco) agora que tenho o segundo livro do Legado.

Se quiserem saber/ler mais sobre Leandro @Radrak Reis o site é www.grinmelken.com.br



Não esqueçam de comentar antes de sair. Próximo post estarei falando sobre a @bienaldolivrosp nos dias 13 e 14 de agosto.




-Nínive Leikis.

3 Comments:

  1. Aetria (Camila Loricchio) said...
    momento "tirando o atraso nos coments também" HAHA
    Nih...para de me fazer qrer gastar *mais* dinheiro com livros.
    Fim do coment.
    huahauha...
    x3
    como se isso adiantasse...
    tatii lacorte said...
    olha só, aleluia alguma coisa! faço das palavras da Cami as minhas, para de me fazer gastar com livro. (mais)
    HAHAHAHHAHA

    acho bom que volte a postar, viu.
    love u, sweet, HAHAHAHHAHA
    Will said...
    Hey, ainda não li o dele, mas coooom certeza o meu é melhor... hauhauhauhauhaua
    bjos perseguidora ;)

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Ocorreu um erro neste gadget